LNNano - Brazilian Nanotechnology National Laboratory

Pesquisadores visitam institutos parceiros na China

Os pesquisadores do Laboratório de Materiais Nanoestruturados (LMN/LNNano), Diego Martinez e Mathias Strauss, estiveram na China entre os dias 10 e 30 de maio para a realização de visitas técnicas e acompanhamento de projetos de pesquisa do Centro Brasil-China de Pesquisa e Inovação em Nanotecnologia (CBCIN).

A primeira etapa da visita foi realizada no National Engineering Research Center for Nanotechnology (NERCN), em Shanghai, no âmbito do projeto “Biocarb – Descontaminação de efluentes utilizando carvão ativo nanoestruturado produzido a partir de biomassa”. Na oportunidade, foram apresentados os resultados mais recentes acerca da caracterização avançada dos carvões ativos nanoestruturados obtidos a partir de bagaço de cana-de-açúcar, bem como os avanços no entendimento da nano-ecotoxicologia destes materiais. O projeto avançará agora com o apoio do parceiro chinês para o escalonamento da produção dos carvões ativos e preparação de protótipos de produtos para a descontaminação de água e ar. Saiba mais sobre o desenvolvimento desse carvão.

Ainda em Shanghai, os pesquisadores do LNNano visitaram o Shanghai Synchrotron Radiation Facility (SSRF), um anel síncrotron de 3ª geração, que possui uma linha de luz direcionada para a área de toxicologia de nanomateriais. Em seguida, os pesquisadores estiveram na capital chinesa, Beijing, em visita ao National Center for Nanoscience and Technology (NCNST) colaborador no projeto “Biosafety – Avaliação da toxicidade do carvão ativo nanoestruturado: caracterização da nano-bio interface e impactos da interação com poluentes” que foi aprovado na última chamada do CBCIN.

Durante a visita os Drs. Diego e Mathias estiveram envolvidos nas discussões acerca das atividades iniciais do projeto e visitaram as instalações do Laboratory for Biological Effects of Nanomaterials and Nanosafety, coordenado pelo Prof. Guangjun Nie, que serão utilizadas para execução de experimentos do projeto Biosafety. Foi realizada também uma reunião com a Profa. Chunying Chen, especialista em aplicação de luz síncrotron em nanotoxicologia e caracterização avançada da nanobiointerface, onde foram discutidas as possibilidades de análises de sistemas biológicos após exposição a nanomateriais utilizando radiação síncrotron.   Ficou definido também que os parceiros chineses receberão em 2017 estudantes de doutorado do LMN/LNNano, para um estágio no NCNST (3 a 6 meses) para execução de atividades relacionadas com os objetivos do Projeto Biosafety, fortalecendo assim as atividades da colaboração bilateral.

Por fim, os pesquisadores estiveram com o Prof. Baohang Han, líder do CAS Key Laboratory of Nanosystem and Hierarchical Fabrication para uma discussão preliminar acerca das possibilidades de estudos conjuntos envolvendo materiais porosos de carbono em especial de grafeno para aplicações em adsorção de gases e energia.