LNNano - Brazilian Nanotechnology National Laboratory

Visita de pesquisadores da Unilever ao LNNano

Print this pageShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on LinkedIn

Da esquerda para a direita: Yara Csordas (LNNano), Isabelle C. Marcelino e Wagner Azambuja (Unilever)

No último dia 9 de Maio, o LNNano recebeu a visita de Wagner Azambuja, pesquisador, e Isabelle C. Marcelino, coordenadora analítica para a América Latina do Centro de PD&I da Unilever em Valinhos-SP.

No encontro, foram discutidos potenciais projetos de prestação de serviços tecnológicos e de cooperação em PD&I, envolvendo produção, caracterização e desenvolvimento de metodologias nas áreas de biopolímeros e bioespecialidades para pele e cabelos, nanopartículas porosas e nanocompósitos, encapsulamentos, liberação controlada e entrega dirigida de princípios ativos, novas matérias-primas naturais, nanoemulsões, embalagens inteligentes e nanotoxicologia.

De acordo com o ranking “Maiores e Melhores” da Revista Exame de 2013, a Unilever é o 30º maior grupo operando no Brasil, com um faturamento atual líquido de US$ 6,87 bilhões e empregando 13.500 funcionários. A empresa tem 6 centros principais de PD&I, empregando 6500 pessoas em todo o mundo: Reino Unido (Colworth House e Port Sunlight), Holanda (Vlaardingen), Estados Unidos (Trumbull), China (Xangai) e Índia (Bangalore), que operam em rede com os centros tecnológicos regionais, como o de Valinhos. Em 2009, a Unilever investiu € 891 milhões em atividades de PD&I nestes Centros.

Os visitantes foram recepcionados pelo Diretor do LNNano, Fernando Galembeck, pelos  pesquisadores Jefferson Bettini, Rodrigo Portugal , Carlos Costa e pela coordenadora de PD&I e projetos, Yara Csordas, e tiveram oportunidade de conhecer em detalhes as instalações dos Laboratórios de Microscopia Eletrônica de Transmissão, Varredura e Cryo-TEM, o Laboratório de Ciência de Superfícies e o Laboratório de Materiais Nanoestruturados.