LNNano - Brazilian Nanotechnology National Laboratory

Diretor científico e pesquisador do LNNano são eleitos membros da ABC

 

O diretor Científico do Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano), Edson Leite, e o pesquisador Mateus Cardoso foram eleitos membros da Academia Brasileira de Ciências, nas categorias titular e afiliado, respectivamente. Os nomes foram eleitos em assembleia realizada no dia 05 de dezembro, a cerimônia de posse dos novos membros ocorrerá em maio de 2019.

Edson Roberto Leite é atualmente professor do Departamento de Química da Universidade Federal de São Carlos (SP) Diretor Científico do LNNano-CNPEM. Formou-se em Ciências e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos. De 1988-1992, trabalhou na 3M do Brasil, onde se dedicou à pesquisa e desenvolvimento de produtos eletrônicos e de telecomunicações. Recebeu seu Ph.D. em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos em 1993. Em janeiro de 1994, ingressou no Departamento de Química da Universidade Federal de São Carlos. De 1998 a 1999, Edson foi Professor Visitante de Ciência e Engenharia de Materiais em Lehigh University, Bethlehem, PA. Os seus interesses de pesquisas atuais incluem síntese e processo de crescimento de nanopartículas inorgânicas por abordagens químicas, caracterização de materiais por microscopia electrónica, estabilidade térmica de materiais nanoestruturados e materiais para dispositivos fotoelectroquímicos. Ele publicou mais de 300 artigos científicos e editou três livros (relacionados a materiais para energia) e é co-autor de um livro (relacionado ao processo de nucleação e crescimento em nanocristais). Edson recebeu vários prêmios, incluindo Scopus Prize da Elsevier / CAPES (2006) e John Simon Guggenheim Memorial Fundação Fellowship da John Simon Guggenheim Memorial Foundation (2009). Em 2012, Edson foi nomeado membro da World Academy of Ceramics e Membro da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. Em 2014, foi co-presidente da MRS Spring Meeting em San Francisco, CA.

Mateus Borba Cardoso possui graduação (2000) e mestrado pela Universidade Federal de Pelotas (2003), doutorado em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007) com período co-tutela na Université Joseph Fourier (França) e pós-doutorado no Oak Ridge National Laboratory/EUA (2008-2009). Em 2017, obteve sua Livre-Docência pelo Departamento de Físico-Química da Unicamp. Atualmente é Pesquisador do Laboratório Nacional de Nanotecnologia onde coordena a Divisão de Nanomedicina e Nanotoxicologia. Desde 2018, é editor da revista Scientific Reports do grupo Nature. É orientador cadastrado nos Programas de Pós-Graduação em Química da Unicamp e em Biotecnociência da UFABC. É revisor dos periódicos Biomacromolecules, Molecular Pharmaceutics, Journal of Physical Chemistry C, ACS Applied Materials & Interfaces, Nanoscale, Applied Physics Letter, Langmuir, Journal of Materials Chemistry B, dentre outros. Tem experiência na área de Química e atua principalmente nos seguintes temas: (a) síntese de nanopartículas com atividades biológicas contra células tumorais, bactérias resistentes aos antibióticos e vírus; (b) produção de sensores baseados em nanopartículas e (c) modelagem de dados de espalhamento de raios-X.