LNNano - Brazilian Nanotechnology National Laboratory

LNNano participa de festival em São Paulo

Print this pageShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someoneShare on LinkedIn

O pesquisador do Laboratório de Materiais Nanoestruturados (LMN/LNNano), Mathias Strauss, foi um dos palestrantes convidados da quinta edição do Festival Path, evento que oferece uma série de atividades simultâneas para estimular a criatividade e inovação. Realizado dias 6 e 7 de maio, em São Paulo, o festival contou com palestras, shows, filmes, rodadas de negócio e outros, em temas como tecnologia, sustentabilidade e empreendedorismo. Neste contexto, o público teve acesso a desenvolvimentos do LMN dedicados ao aproveitamento do bagaço de cana-de-açúcar.

Na palestra “O que esconde o bagaço de cana?”, Strauss apresentou exemplos de produtos nanoestruturados que podem ser desenvolvidos a partir do bagaço da cana, como os carvões ativos, negros de fumo, materiais condutores, condicionadores de solo, fibras de reforço, adesivos, modificadores reológicos e aerogéis. Hoje em dia, os processos de produção de etanol e açúcar, a partir da cana, geram cerca de 200 milhões de toneladas de bagaço.

O volume do resíduo que é gerado, aliado  ao seu potencial econômico, abre uma janela de oportunidades ainda subestimada na produção de nanomateriais a partir dessa matéria-prima. Pesquisas como as desenvolvidas no LNNano abrem caminho para que empresas do setor sucroenergético possam diversificar seu portfólio de produtos.

Festival Path

As atividades do festival se concentraram no bairro Pinheiros em São Paulo, dias 6 e 7 de maio, e foram distribuídas em diferentes espaços onde os participantes podiam transitar facilmente. A quinta edição do Path abrangeu temas como empreendedorismo, tecnologia, sustentabilidade, design, gênero, mercado musical e audiovisual, educação, cultura contemporânea, games, entre outros.

Veja a apresentação abaixo: