LNNano - Brazilian Nanotechnology National Laboratory

Academia Brasileira de Ciências diploma pesquisador do LNNano

 

 

A Academia Brasileira de Ciências (ABC) realizou, no dia 14 de março, em São Paulo, o Simpósio e Diplomação de Novos Membros Afiliados da Regional São Paulo. O evento aconteceu no Auditório István Jancsó – Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, na Universidade de São Paulo (USP).

Dentre os cinco eleitos pelo Estado de São Paulo, está Mateus Borba Cardoso, pesquisador do Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano) do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Borba Cardoso representa as Ciências Químicas, foi nomeado para o período de 2019 a 2023 e recebeu seu diploma das mãos do Diretor Geral do CNPEM, Antônio José Roque da Silva.
Os outros nomeados são Diogo de Oliveira Soares Pinto (USP), representando as Ciências Físicas com Gustavo Silva Wiederhecker (Unicamp) e Thiago Pedro Mayer Alegre (Unicamp), e das ciências matemáticas, o pesquisador Tiago Pereira da Silva (USP).

Anualmente, a ABC elege jovens cientistas de excelência, com menos de 40 anos, para integrarem a Academia por um período de 5 anos. São escolhidos até 5 pesquisadores por regional: Minas Gerais e Centro-Oeste, Nordeste e Espírito Santo, Norte, Rio de Janeiro, São Paulo e Sul. A criação da categoria de membros afiliados tem por objetivo identificar e estimular jovens com grande potencial para a Ciência.

Realizando palestras, participaram do evento os Acadêmicos Naercio Menezes Filho (Insper) e Paulo Saldiva (USP). Estiveram presentes também os reitores da USP, Vahan Agopyan, e da Unicamp, Marcelo Knobel, o diretor-geral do CNPEM, Antônio José Roque da Silva, e o Vice-Presidente Regional São Paulo da ABC, Oswaldo Luiz Alves.

A programação contou ainda com uma conferência sobre os desafios para a ciência brasileira, articulada pelo Presidente da ABC, Luiz Davidovich.

A solenidade foi aberta ao público e gratuita.

A posse dos novos membros titulares ocorrerá em Maio de 2019. Dentre os nomes eleitos está o do Diretor Científico do Laboratório Nacional de Nanotecnologia do CNPEM, Edson Leite, também professor do Departamento de Química da Universidade Federal de São Carlos.

Mateus Borba Cardoso possui graduaçãoe mestrado pela Universidade Federal de Pelotas, doutorado em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul com período co-tutela na Université Joseph Fourier (França) e pós-doutorado no Oak Ridge National Laboratory/EUA (2008-2009). Em 2017, obteve sua Livre-Docência pelo Departamento de Físico-Química da Unicamp. Atualmente é Pesquisador do Laboratório Nacional de Nanotecnologia onde coordena a Divisão de Nanomedicina e Nanotoxicologia. Desde 2018, é editor da revista Scientific Reports do grupo Nature. É orientador cadastrado nos Programas de Pós-Graduação em Química da Unicamp e em Biotecnociência da UFABC. É revisor dos periódicos Biomacromolecules, Molecular Pharmaceutics, Journal of Physical Chemistry C, ACS Applied Materials & Interfaces, Nanoscale, Applied Physics Letter, Langmuir, Journal of Materials Chemistry B, dentre outros. Tem experiência na área de Química e atua principalmente nos seguintes temas: (a) síntese de nanopartículas com atividades biológicas contra células tumorais, bactérias resistentes aos antibióticos e vírus; (b) produção de sensores baseados em nanopartículas e (c) modelagem de dados de espalhamento de raios-X.

Edson Roberto Leite é atualmente professor do Departamento de Química da Universidade Federal de São Carlos (SP) Diretor Científico do LNNano-CNPEM. Formou-se em Ciências e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos. De 1988-1992, trabalhou na 3M do Brasil, onde se dedicou à pesquisa e desenvolvimento de produtos eletrônicos e de telecomunicações. Recebeu seu Ph.D. em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de São Carlos em 1993. Em janeiro de 1994, ingressou no Departamento de Química da Universidade Federal de São Carlos. De 1998 a 1999, Edson foi Professor Visitante de Ciência e Engenharia de Materiais em Lehigh University, Bethlehem, PA. Os seus interesses de pesquisas atuais incluem síntese e processo de crescimento de nanopartículas inorgânicas por abordagens químicas, caracterização de materiais por microscopia electrónica, estabilidade térmica de materiais nanoestruturados e materiais para dispositivos fotoelectroquímicos. Ele publicou mais de 300 artigos científicos e editou três livros (relacionados a materiais para energia) e é co-autor de um livro (relacionado ao processo de nucleação e crescimento em nanocristais). Edson recebeu vários prêmios, incluindo Scopus Prize da Elsevier / CAPES (2006) e John Simon Guggenheim Memorial Fundação Fellowship da John Simon Guggenheim Memorial Foundation (2009). Em 2012, Edson foi nomeado membro da World Academy of Ceramics e Membro da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. Em 2014, foi co-presidente da MRS Spring Meeting em San Francisco, CA.

Foto e informações:  Assessoria de Comunicação da ABC